Arquivo_030.jpeg

Monique Huerta nasceu em São Paulo, 1998. É bacharel em artes visuais pela Belas Artes de Såo Paulo. Sua pesquisa gira em torno de objetos de encaixe em suas conectividades não binárias e a possibilidade da escultura como potencial vivo de contato. Investigações acerca da passivo-agressividade e do embate de forças são lugares pensados dentro da linguagem da instalação, escultura, video arte e performance. A criação de um universo macio e ao mesmo tempo perverso flerta com a ludicidade de um passado onírico que não parece pertencer ou encaixar, e é habitado simultaneamente por feridas agressivamente terrenas ou sexuais. 

Monique Huerta was born in São Paulo, Brasil, 1998. They have a bacharel degree on Fine Arts by Belas Artes de São Paulo. Their personal research involves objects that fit in each other, in their non binary connectivities, and the possibility of sculpture as a potential being. Investigations surrounding passive-aggressiveness and the shock between opposite forces are metaphorical places developed in the languages of installation/site specifc, sculpture and video performance. The creation of a soft universe, which is also perverse, flirts with the playfulness of a oniric past that no longer seems to fit it, and is inhabited simultaneously by aggressive earthly and sexual wounds. 

Solo exhibitions

- 2022. Animal Planet - Ateliê Alê.



Collective exhibitions
 
- 2022. Contra Produções Surubáticas - Ars Sexualis. Online.
- 2022. Festivau de C4nn3$ - Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre.
- 2022. II Salão Vermelho de Artes Degeneradas - Atelier Sanitário, Rio de Janeiro.
- 2022. Espaço Itinerante (Portugal). Online.
- 2022. IV PEGA - Galeria Bambo, Metaverso Cryptovoxels.
- 2021. 17 Salão Nacional de Arte Contemporânea de Guarulhos - Centro Educacional Adamastor, Guarulhos.
- 2021. Ocupação Web Residência Bica. Online.
- 2021. AR: Acervo Rotativo - Oficina Cultural Oswald de Andrade, São Paulo. Curadoria de Laerte Ramos.
- 2021. Tubarões sabem da existência de camelos - Corredor14, Pelotas. Curadoria de Vicente Lima e Arthur Palhano.
- 2021. Poéticas Possíveis - Paralela Eixo. 
- 2021. Transespécie - MUTHA, Museu Transgênero de História e Arte.

- 2021. “Mostra Coletivo Enclave”, São Paulo. Curadoria de Ana Andrade,  Matheus Lopes e Natália Kiximoto.
- 2020. Exposição “Rastros & Apetrechos” - Festivau de C4nn35.
- 2019. IV Mostra de Performance - Galeria Di Grado, Belas Artes, São Paulo.
- 2019. Mostra BA - Fogo no Parquinho - Galeria Di Grado, Belas Artes, São Paulo.
- 2019. Ateliê aberto da residência “Temos Vagas” - Ateliê 397, São Paulo. - 2019. Abraço Coletivo - Ateliê 397, São Paulo.
- 2019. Ateliê aberto A Firma - A Firma, São Paulo.
- 2019. II Festival de Pintura do IA - Galeria do IA, Unesp, São Paulo.
- 2018. Mostra BA - Quando as ruas queimam - Galeria Di Grado, Belas Artes, São Paulo.
- 2018. 14 Curta 8 - Festival Internacional de Cinema Super 8 de Curitiba - Espaço Cultural Caixa, Curitiba.
- 2018. Festival Super Off - Centro Cultural De São Paulo (CCSP).
- 2018. I Festival de Pintura do IA - Galeria do IA, Unesp, São Paulo.


Artist residencies
 
- 2021. BICA Web Residência. (BRA)
- 2019. Ateliê 397, São Paulo. (BRA)


 
Education

-Bacharel em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. 2017 - 2020.
 
- Escola Entrópica, acompanhamento e pesquisa em arte contemporânea com Galciane Neves e Vitor Cesar - Instituto Tomie Ohtake.
- Acompanhamento e pesquisa em arte contemporânea - Corredor 14.
- Performatividade e Corporeidade Estranhas, com Eduardo Araújo - Espaço Lux.
- EntreOlhares 2020 - Itaú Cultural.
- Acompanhamento e pesquisa em arte contemporânea com Laura Belém, Débora Bolsoni e Rafael Vogt Maia - Espaço Breu.
- Investigações poéticas tridimensionais, Aqui-Agora - Parque Lage.
- Práticas de cerâmica com Eng Goan Oey- Sesc Pompéia